ENQUANTO FAÇO O CAFÉ: O louvor nos liberta de todas as prisões

“À meia-noite, Paulo e Silas estavam rezando e cantando hinos a Deus. Os outros prisioneiros os escutavam. De repente, houve um terremoto tão violento que sacudiu os alicerces da prisão. Todas as portas se abriram e as correntes de todos se soltaram.” (At 16,25-27)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *