Novos Consagrados da Obra Paz e Bem 2018

A Comunidade Católica Paz e Bem, no último domingo (09/09) realizou a renovação dos compromissos, a consagração de novos membros e o ingresso da Companhia de Maria nos ministérios. Foi um momento de imensa alegria para a nossa Obra.
“Pregue o Evangelho em todo tempo. Se necessário, use palavras.”
São Francisco de Assis.

 

 

HISTÓRICO DE NOSSO SACRAMENTAL E FÓRMULA DE CONSAGRAÇÃO.

Somos devotos da cruz (I Cor 1, 18). É pela Paixão de Jesus que nasce a nossa Paixão pelos pobres, os depressivos, os enfermos…

É contemplando o Amor Crucificado que encontramos forças para transbordar num amor ressuscitado a todos.

A cruz para nós, membros da Obra Paz e Bem, não deve ser um símbolo, mas um caminho sem o qual não se pode seguir. Em especial, a cruz Bizantina, contém, em suas gravuras, todos os elementos que precisamos para seguir nesta estrada que nos conduz ao céu. Eu a contemplei em um sonho, acordei desenhando em um papel. confesso não lembrar de tê-la visto em lugar algum e nem tão pouco de que seria a cruz que falou com Francisco de Assis. pouco tempo depois comecei a olhar um álbum de fotografias e me deparo com uma surpresa ainda maior: uma foto tirada em dezembro 1991 onde eu estava na Praia do Icaraí, por ocasião de um piquenique para celebrar a conclusão do ensino médio, e ali estava reluzindo em meu peito a cruz bizantina. Não faço ideia de como foi parar lá, mas ainda tenho a foto. Desde então passamos a usa-la como nosso sacramental.

Hoje, é um dia histórico para a Obra Paz e Bem. Neste dia em que concluímos o ano da Fé vamos receber o novo sacramental.

 

-Extraído do cedro: “Como a palmeira, florescerão os justos, que se elevou como o CEDRO do Líbano, plantados na casa do Senhor, nos átrios do nosso Deus hão de florir” Sl 91, 13-14

O cedro é citado mais de 70 vezes na Bíblia. O templo de Salomão, o palácio de Daví e Salomão…

O cedro é uma árvore majestosa que encontramos nas regiões montanhosas do Líbano, Síria, Turquia, Chipre, Marrocos, Argélia, Noroeste Africano, etc… O cedro atinge até 40 metros de altura e 14 metros de diâmetro no tronco.  O cedro foi escolhido como emblema da bandeira libanesa por simbolizar força e imortalidade. Embora existam muitos tipos de cedros, o Cedro do Líbano ou Cedrus libani é a espécie mais velha e mais forte, podendo viver ao longo de centenas anos.

Nos primeiros três anos de vida, as raízes crescem até um metro e meio de profundidade, enquanto a planta tem somente cerca de cinco centímetros. Somente a partir do quarto ano é que a árvore começa a crescer. O Cristão é como o cedro do Líbano, e, portanto, tem a promessa de crescer. Ainda que o seu crescimento seja lento conforme a experiência do cedro, ele acontecerá e se tornará visível a todos. A preocupação do filho de Deus, principalmente nos primeiros anos da vida cristã, está no lançar das suas raízes. Lembre-se do fato de que nos três primeiros anos o cedro possui raízes de um metro e meio de profundidade enquanto a planta apresenta apenas cinco centímetros. Há informações de que a raiz quando cresce muito e atinge alguma rocha continua crescendo em volta da rocha, abraçando-a.

            -Das portas da Matriz: O Cedro o qual foi confeccionados nosso sacramental, foi extraído das primeiras portas da Igreja Matriz de Cascavel, Ceará e que esteve protegendo a Igreja mãe de nossa Cidade por mais de cem anos. Nem as tempestades, o sol escaldante, as pancadas constantes foram suficientes para destruí-las. Estas portas foram testemunha da entrada de milhares de irmãos nossos que por elas passaram para ter um encontro pessoal com Jesus, na celebração de incontáveis missas, casamentos, batizados, primeira comunhão e outras celebrações. Carregamos hoje uma cruz que leva a história de nossos antepassados e nos faz apontar para um tempo novo com nossa doação de vida, vivendo os compromissos que agora assumimos como verdadeiros guerreiros na luta diária para alcançar a santidade que é a vocação de todo o Cristão.

 

O Uso do Sacramental: Esta cruz constitui um patrimônio da Comunidade Católica Paz e Bem e deve ser cuidada e usada em todo momento salvo, uma autorização expressa do coordenador ou acompanhador vocacional. No caso de perca e dano, ela será substituída por uma outra de material similar. Se o engajado ou consagrado sair da comunidade deve devolve-la imediatamente.

Em caso de descumprimento ou infidelidade ao carisma, fato este somente atestado pelo Conselho Geral da Obra Paz e Bem, o sacramental será pedido até que o consagrado tenha condições de usa-lo.

 

COMPROMISSOS DOS MEMBROS DA OBRA PAZ E BEM

(Cada membro, de Joelhos, deve segurar a cruz nas mãos inclinando-a sobre o peito e repetir a seguinte oração)

Eu, ______________________________________________________, diante de Ti Senhor, da tua santa e amada igreja e dos meus irmãos, quero selar um compromisso de viver a minha fé, sob os conselhos evangélicos, olhando para o Cristo pobre, casto, obediente e humilde que se mostra tão exposto na cruz. É da tua cruz que emana a riqueza do meu chamado na Comunidade Paz e Bem, por isso a contemplarei diariamente na reza do Saltério de Adoração, na meditação do dia a dia da paz, na leitura diária das sagradas escrituras, na oração pessoal e na adoração ao Santíssimo Sacramento. Comprometo-me em buscar viver e promover a Paz e o Bem em todos os momentos de minha vida e de Te amar nos mais necessitados, amando a todos sem desprezar a ninguém, como fazia o nosso seráfico pai São Francisco de Assis:

 

OREMOS

“Não desprezarei os que desprezam.

Não amaldiçoarei os que amaldiçoam.

Não julgarei os que condenam.

Não odiarei os que exploram.

Amarei os que não amam.

Não excluirei ninguém do meu coração.

Meus preferidos serão os preteridos.

Quanto mais marginalizados pela sociedade, tanto mais promovidos serão em meu coração.

na medida em que forem menores os motivos para serem apreciados, tanto mais serão amados por mim.

Amarei principalmente os não amáveis”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *